Mundo Misterioso

agosto 30, 2010

Coração dos outros é Terra que ninguém pisa.
Este é um famoso ditado popular conhecido de todos. E retrata bem o misterioso mundo dos sentimentos.
Sei de pessoas que por anos a fio se sentiam em relação a algo ou a alguém, com o coração cheio de fel, de pensamentos negativos, de sentimentos maus, e até cruéis mesmo. De indiferença afetiva e desamor.
Situação essa que com o passar do tempo, vai se polarizando, sem se resolver. Até que a última gota a transborda. E tudo vem a tona explosivamente. E se extravasa, botando pra fora todo o fel. Toda a maldade represada, a revolta inconfessada e inexplicada. E depois de passada a erupção, como lavas escaldantes, a pessoa se sente limpa, leve e completamente renovada e transformada.
Tudo que era negativo, miraculosamente passou a ser visto e sentido de forma contrária. É como uma limpeza, tirando toda a sujeira que encobre um diamante bruto, que depois de limpo, lapidado e polido; brilha, mostrando seu real valor e beleza.
Se você também tem sentimentos negativos, inconfessos e inexplicáveis; Não fique guardando a 7 chaves, e se envenenando. Ponha pra fora, desabafe.
Você vai se sentir saindo de um banho de imerssão. Limpo, leve e muito mais feliz. E perceberá que derrubou um muro e construiu uma ponte.

“Construa pontes e busque caminhar na direção daqueles
que, por ventura, estejam distanciados de você”.
(Fernando Pessoa)

Fonte da Figura: estrelasdomar.blogspot.com

Anúncios

Mexa-se

agosto 22, 2010

“Nada está parado; Tudo se move; Tudo Vibra”.__ (O Caibalion)
Fato este que a ciência moderna e cada nova descoberta cientifica observa e tende a confirmar. (O Caibalion pág. 23)
Este é o Principio de Vibração enunciado a milhares de anos pelos mestres do antigo Egito.
E é justamente aí que se explica os diversos graus de elevação em todos os planos humanos. Inclusive no material. Quanto maior for a vibração, maior será a posição na escala.
Tudo está em movimento vibratório, nos planos mentais, espirituais e materiais. E o estado de cada plano depende do grau de vibração.
No entanto, o que presenciamos em nosso cotidiano, são pessoas reclamando da vida. Se auto proclamando injustiçadas; Sem sorte; Sem oportunidades; Sem perspectivas; Infelizes; etc…etc.
Mas se observarmos com atenção, encontraremos um ponto em comum, à todas elas. Estão todas praticamente paradas, estagnadas em suas posições.
Insatisfeitas, é verdade, mas sem a menor disposição para se mexer.
Suas vibrações são tão insuficientes quanto suas posições acomodadas.
Mas não se dão conta de que, para elevar suas posições, é necessário primeiro elevar o nível vibratório.
Na maioria das vezes, um pequeno movimento pode mudar tudo.
Portanto, se você não está satisfeito com a sua posição, só existe uma possibilidade de mudá-la: Mexa-se. Vibre.
Vibre intensamente… e brilhe… e seja Sucesso.
Você merece.


“Aquele que compreende o Principio de Vibração,
alcançou o cetro do Poder”.
(Diz um antigo Escritor)

Fonte das Figuras:
jumento.blogspot.com
marialynce.wordpress.com
companhiadosfilosofos.blogspot.com
imagem-papel-e-furia.com.br


Alteridade/Solidariedade

agosto 9, 2010

A solidariedade é um dos mais importantes princípios que deveria ser usado em todas as questões onde se precisa tomar uma decisão. Unindo-se solidariedade à alteridade, faríamos verdadeiro o conceito cristão de sermos todos irmãos, e então agiríamos em relação ao outro como gostaríamos que ele agisse em relação  a nós se a situação fosse inversa.
A alteridade por si só ajuda a entender o outro. Mas a solidariedade nos faz agir como irmão, independente de o sermos de fato, e principalmente se o formos. Se desconhecemos a solidariedade, desconhecemos também o irmão, e lavamos às mãos em relação às situações que pensamos não nos dizer respeito. Se a solidariedade e a alteridade em vez de princípios éticos e cristãos, fossem Leis Universais e obrigatórias, e fizessem parte de todas as constituições, o mundo seria um lugar mais bonito de se viver, onde irmão não abandonaria irmão a própria sorte; um “ser humano”não se arvoraria em juiz para autorizar, permitir ou participar da execução de outro, de maneira bárbara e cruel; outros tantos não lavariam às mãos, para assistirem impassíveis a tortura com desfecho fatal.
Se o mundo inteiro se unisse em solidariedade e alteridade, coisas assim não aconteceriam por motivos tão banais.
A humanidade está caminhando para um novo despertar. A era de aquário, que fala da chegada de um novo avatara, e grandes transformações no mundo como o conhecemos. Será que estamos prontos para não crucificarmos esse próximo messias? Ou apedrejá-lo até a morte? E talvez com isso decretarmos o fim dessa civilização, como forma de castigo, ou pior ainda, por desistência do Logos em nossa evolução? A força superior dando por perdida nossa capacidade de redimissão e crescimento?
Às vezes lavamos às mãos, porque pensamos que uma situação não nos diz respeito. Mas estamos enganados, tudo diz respeito a todos, se somos irmãos, e em algum momento responderemos por nossa decisão ou omissão.
Termino hoje com uma súplica: Pensemos e pesemos nossas decisões…e ações.

“A Evolução Humana só será possível quando os critérios de
Alteridade e Solidariedade, juntos e inseparáveis forem
Soberanos e Universais, sobre todas às
soberanias individuais”.

(Graça Mourão)

Fonte das Figuras:
portalarcoiris.ning.com
dadospessoais.net
divasscomprometidas.blogspot.com


Sempre Aterro

agosto 2, 2010

Já estive nesse espaço falando sobre o Aterro do Flamengo. Já faz algum tempo, e eu ainda era moradora do Flamengo, e ia para o Aterro todo fim de semana, fazer caminhada e me encantar com a beleza exuberante do local.
E em meio a tanta beleza, energia e vida pulsante, a inspiração explodia, independente do meu estado de humor.
E alegre ou triste, eu conseguia botar pra fora a emoção, através da palavra escrita, em Poesia ou Crônica.
Por isso, e como eu sempre me recolhia a um mesmo lugar, de onde ficava a observar e absorver toda a beleza, energia e vida reinante, batizei esse lugar especial, que sem saber porque sempre me atrai, de: “Meu cantinho da Inspiração”.
Agora, faço parte de outra tribo. A Tribo de todas as Tribos. A tradicional e cultural Lapa. Onde a noite é uma extensão do dia. A Lapa que não dorme. Vive em eterna vigília.
É tudo muito diferente, mas já estou me habituando com a Dama da vigília.
Porem algo continua igual. O meu fim de semana que será: Sempre Aterro, e meu Cantinho da Inspiração, onde renovo minhas energias e não me canso de me encantar com toda a beleza, que a cada vez, me parece mais bela e me extasia. Me pasma em contemplação e explode em inspiração.

“Quem experimenta a beleza está em comunhão com o sagrado”.
(Rubem Alves)

Fonte da Figura: flickr.com